quinta-feira, 23 de março de 2017

Tirinhas da Mafalda agrupadas por conteúdos – Geografia

Hoje, diversas tirinhas da Malfada agrupadas por conteúdos, todas elas estão no formato "Doc", sendo assim vocês podem recortar e adequar as suas atividades.

Os conteúdos que podem ser trabalho com essas tirinhas são: Ambientes Urbanos, Astronomia, Campo e cidade, Cartografia e fuso – horário, economia, consumo e consumismo, climatologia, condição da mulher, educação ambiente, educação escolar etc. 

As tirinhas constituem um ótimo recurso didático – pedagógico relevante no processo ensino aprendizagem. Estas histórias  se apresentam como ferramenta que proporciona a aproximação  com o cotidiano do aluno e a vida escolar, elas facilitam a verificação do conhecimento prévio e a assimilação  do conhecimento trabalhado em sala de aula.

Para fazer o Download clique nos links abaixo:

Fonte:

Valorização da História das mulheres contadas por personagens da Turma da Mônica

Turma da Mônica – Somos Todas #Donas da Rua, é um site incrível. Assistindo este vídeo de 1min 15seg é possível entender bem a ideia.
Um site extremamente criativo, divertido e que traz informações sobre a Histórias de mulheres vencedoras de forma leve e agradável desde a criançadas aos adultos.
Sabe do melhor?
Tem alguma história para contar sobre alguma mulher marcante? Então, clique aqui e conte sua história.
Além disso, o site traz muita coisa legal, como jogos, trechos de quadrinhos e muito mais. Clique aqui e acesse o site.
Fonte:

Dia Mundial da Água 2017 - 1º Ano

Na manhã de ontem, 22 de março de 2017, Dia Mundial da Água, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Índio Piragibe, os alunos do Primeiro Ano A e B, junto com a Professora Jannabsa Rodrigues e a Professora Antônia Cordeiro, realizaram uma conversa informal sobre a importância da água. 

Em seguida assistimos aos vídeos H2O: o defensor da água e  Calango Lendo: morte e vida sem ver a água

O primeiro conscientiza sobre os prejuízos para os seres vivos quando a água está poluída, assim como explica o processo de tratamento da água. Já o segundo audiovisual, mostra as consequências para os seres vivos quanto a falta de água. 

Já na sala de aula, foram realizadas releituras dos vídeos por meio da expressão artística (desenhos) e para a finalização das atividades, um painel coletivo envolvendo a temática do dia.


 

Fotos: Jannabsa Rodrigues (22mar2017) 

quarta-feira, 22 de março de 2017

Suênia, aluna da Escola Índio Piragibe, ganha medalha de ouro no Parapan 2017

A aluna Suênia Kelly Macedo, 16 anos, nessa semana, nos Jogos Parapan- Americano, conquistou medalha de ouro na modalidade de arremesso de pesoTreinada pelo Professor de Educação Física da nossa Escola, Ivamarcos Lisbôa, ela se destaca com a grande dedicação que tem pleo esporte.

Com mais de mil atletas entre 13 e 31 anos, de 20 países, o Parapan se divide em 12 modalidades. A última edição dos Jogos foi realizada em outubro de 2013, em Buenos Aires, na Argentina, com 631 atletas de 16 países em dez esportes.

Essa matéria foi exibida, hoje, dia 22 de dezembro de 2017, no Correio Esporte, da TV Correio.



Fonte: 

domingo, 12 de março de 2017

UERN: Mestrado em Educação lança edital para seleção

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação (POSEDUC/UERN) publica edital do processo de seleção e inscrição de candidatos para o Mestrado em Educação.
O POSEDUC oferece 26 vagas para o Mestrado em Educação assim distribuídas: 20 para o público em geral, 02 vagas para professores e servidores técnico administrativos da UERN, 03 vagas para professores e servidores técnico administrativos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e 01 vaga para candidatos com deficiência comprovada em caráter terminativo pela Junta Multiprofissional da UERN.
As vagas estão distribuídas entre duas linhas de pesquisa: Formação Humana e Desenvolvimento Profissional Docente, com 15 vagas; e Políticas e Gestão da Educação, com 11 vagas.
As inscrições poderão ser feitas pelo(a) interessado(a), pessoalmente, ou por procuração (com firma reconhecida em Cartório), no período de 20/03/2017 a 20/04/2017, nos horários de 7h30 às 11h30 e de 14h às 17h, na Secretaria do Mestrado em Educação, localizada no Bloco da Faculdade de Educação, Campus Central.
Leia mais clicando na imagem abaixo.

quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher 2017 na Escola Índio Piragibe

Na manhã dessa quarta-feira, 08 de março de 2017, os alunos realizaram homenagens as mulheres da Escola Municipal de Ensino Fundamental Índio Piragibe, através de cartões, músicas, cartazes e lembranças entregues pelos alunos para nossas Professoras.

Os alunos fizeram uma pesquisa de reportagens sobre a mulher, positivas ou negativas e em pequenos grupos construíram cartazes e realizaram a apresentação dos mesmos.

A culminância dessa pesquisa, foi  comparando as falas dos alunos antes da pesquisa, no debate inicial e, depois da pesquisa. Refletiram se a realidade do que eles percebem e vivem em suas casas é diferente ou parecida do que encontraram nas reportagens. Para o encerramento dessa atividade, os alunos foram desafiados a refletirem, sobre o que as alunas querem ser diante da sociedade que eles participam, sobre o tratamento das mulheres na sociedade, bem como, o que os alunos/meninos sentem diante do pesquisado e do vivido por eles em suas casas e na futura vida da constituição familiar.

Sabemos que desde meados da década de 1960, convencionou-se comemorar o Dia Internacional da Mulher em 08 de março. Essa data é tida como símbolo de uma série de reivindicações e conquistas de direitos, sobretudo no âmbito trabalhista. 

Entretanto, a escolha dessa data para tal comemoração frequentemente está associada a equívocos ou a invenções históricas que precisam ser elucidadas.

Conta-se que, em 8 de março de 1857, 129 operárias morreram carbonizadas em um incêndio que ocorrera nas instalações de uma fábrica têxtil na cidade de Nova Iorque. Esse incêndio teria, supostamente, sido intencional. O proprietário da fábrica, como forma de repressão extrema às greves e levantes das operárias, teria trancado suas funcionárias na fábrica e nelas ateado fogo. Essa história, contudo, é falsa e, obviamente, o 8 de março não está ligado a ela.

Entretanto, houve, sim, um incêndio em uma fábrica de tecidos em Nova Iorque, mas ele aconteceu no dia 25 de março de 1911, às 17h da tarde, na Triangle Shirtwaist Company, e vitimou 146 pessoas, sendo 125 mulheres e 21 homens. 

A maior parte dos mortos era constituída de judeus. As causas desse incêndio foram as péssimas instalações elétricas da fábrica associadas à composição do solo e das repartições da fábrica e, também, à grande quantidade de tecido presente no recinto, o que serviu de acelerador para o fogo.


  
  
  
  
  
  
 
  
  
 


 Fotos: Alyne Félix; Eduardo Melquíades; Fabrícia de Medeiros (08mar2017)