quinta-feira, 30 de abril de 2015

Senado Federal tem cursos gratuitos e online sobre política e direito

plataforma EAD do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) oferece 23 cursos online e totalmente gratuitos. Os temas abordados nas aulas variam entre política, direito e administração. Estes cursos são classificados como “sem tutoria”, ou seja, são direcionados à população em geral.
O usuário pode fazer até dois cursos ao mesmo tempo e todos eles têm duração de dois meses. O melhor de tudo é que há certificação de conclusão. O documento será disponibilizado 21 dias a partir da data de efetivação da matrícula e para recebê-lo é preciso ter aproveitamento mínimo de 70 pontos.
Confira abaixo as opções de cursos do Senado Federal:

Inscrições abertas para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal - Edição 2015

A partir do dia 29 de abril,  escolas e instituições de todo o País que atuam com a temática da educação fiscal poderão inscrever seus projetos na página www.premioeducacaofiscal.com.br até o dia 30 de junho deste ano. A grande noite de premiação será no dia 17 de novembro, na Capital Federal.
O lançamento da edição 2015 ocorrerá na Oficina Gourmet, em Brasília, em solenidade para os patrocinadores, apoiadores, autoridades, a Diretoria da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e da Escola de Administração Fazendária (Esaf), entidade parceira do prêmio, entre outros convidados.  
Para o presidente da Febrafite, Roberto Kupski, a educação fiscal contribui para reverter o momento atual de crise política e financeira e colabora no  combater à corrupção, além de incentivar a cobrança da correta aplicação dos impostos. “Recebemos nas três primeiras edições mais de 400 projetos realizados em todos os estados e no DF. Todas as iniciativas contribuindo para um Brasil melhor, com maior justiça fiscal e social”, analisou o presidente da Federação.
A Escola de Administração Fazendária,  coordenadora  do Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef), apoia a iniciativa desde a sua primeira edição, em 2012.  A diretora-geral adjunta da Esaf, Rai de Almeida, destaca que ao instituir o prêmio, além de estimular as Escolas e as Instituições Governamentais para a execução de projetos que objetivam a disseminação de conceitos básicos sobre a importância social dos tributos, o retorno destes através de políticas públicas para o conjunto da sociedade, a Febrafite também promove a conscientização dos cidadãos para pleno exercício da cidadania.  “A pessoa conscientizada tem uma compreensão diferente da história e de seu papel. Recusa acomodar-se, mobiliza-se, organiza-se para mudar o mundo.”, concluiu Rai citando um trecho do escritor Paulo Freire.
Uma das mais significativas premiações no segmento, o Prêmio Nacional de Educação Fiscal entregará no dia 17 de novembro, em Brasília, aos cinco projetos vencedores do ano troféus e premiações em dinheiro no valor de R$15 mil e R$10 mil para o primeiro e segundo lugares  na categoria Instituições, e R$15 mil, R$10 mil e R$5 mil na categoria Escolas. A Dirotoria da Febrafite também entregará um certificado de reconhecimento para todos os inscritos da edição.

Fonte:

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Edital do concurso da UFPB deve ser publicado em junho, diz pró-reitor

O edital do concurso para servidores técnico-administrativos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) deve ser publicado no mês de junho, segundo afirmou o pró-reitor de Gestão de Pessoas, Francisco Ramalho. Inicialmente, a previsão era que o edital fosse divulgado até o fim de abril com 140 vagas.

“O primeiro prazo era abril, mas nós compreendemos que devíamos aumentar o número de códigos de vagas. Conseguimos mais códigos junto ao MEC [Ministério da Educação]. Então a universidade vai fazer o concurso com mais de 150 vagas para os técnicos-administrativos que vão atender todos os campi da UFPB: o campus I [João Pessoa], o campus AreiaBananeiras e o Litoral Norte que compreende Rio Tinto e Mamanguape”, informou o pró-reitor.

O concurso pretende atender à demanda existente nesses campi. As vagas devem ser distribuídas em cargos de nível médio e superior e a contratação deve ser imediata. A realização do concurso foi anunciada pela reitora Margareth Diniz no início de março.

O último concurso realizado pela UFPB para técnico-administrativo ocorreu em 2012 e ofereceu 149 vagas. O maior número de inscritos foi para o cargo de Assistente em Administração (Nível Médio) com 52 vagas no Campus de João Pessoa com 14.319 inscritos, totalizando 275,37 candidatos para cada vaga. Já o cargo de Auxiliar em Biblioteconomia (Nível Fundamental) foi o que registrou a maior concorrência, com 828 inscritos para uma única vaga.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Ministério Público da Paraíba divulga edital de concurso com 105 vagas

Foi publicado nesta segunda-feira (27) o edital do concurso para seleção de servidores para o Ministério Público da Paraíba. Ao todo, são ofertadas 105 vagas – para cargos de nível superior e nível médio - para o Quadro de Serviços Auxiliares. Os vencimentos variam de R$ 3.341,29 a R$ 4.940,25. Veja aqui o edital.
As inscrições começam na próxima segunda-feira (4) e seguem até 3 de junho. As provas do concurso serão aplicadas em João Pessoa em 19 de julho. O edital também prevê cadastro de reserva. A taxa de inscrição para os cargos de nível superior é de R$ 100 e, para os de nível médio, R$ 85.
As 13 vagas de nível superior são para os cargos de Analista de Sistemas (Desenvolvedor, Administrador de Redes e Administrador de Banco de Dados) e de Analista Ministerial (Auditor de Contas Públicas, Medicina e Odontologia). Para nível médio, são ofertadas 92 vagas para o cargo de Técnico Ministerial (Suporte, Web Designer, Diligências e Apoio Administrativo e sem especialidade).
O edital foi publicado na íntegra na edição extraordinária desta segunda-feira do Diário Oficial Eletrônico (DOE) do Ministério Público da Paraíba. No documento, constam conteúdo programático das provas, detalhamento de vagas, normas do concurso, o cronograma, entre outras informações. A organização do concurso ficará sob responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, sediada em São Paulo.
Assim, após o concurso de remoção, os aprovados serão nomeados para as vagas remanescentes, dentro das regiões já previstas no Anexo IV do PCCR, podendo escolher, de acordo com a classificação final, o local de trabalho, dentre os disponibilizados pela administração superior do MPPB.As vagas do concurso estão distribuídas por região, mas o certame abrirá inscrição para todo o estado, de modo que será formada uma única lista de aprovados, de acordo com cada cargo. Isso significa dizer que o candidato não poderá escolher, no momento da inscrição, a região para a qual fará a prova. Com a vigência do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), antes da nomeação de qualquer aprovado em concurso público, a instituição deve abrir concurso de remoção interna.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Inscrições Abertas: 7ª edição do Concurso de Desenho e Redação da CGU


Em 2015, a Controladoria-Geral da União (CGU) realiza a 7ª edição do Concurso de Desenho e Redação. Com o tema “Pequenas Corrupções – Diga não”, o objetivo da iniciativa é despertar nos estudantes o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à cidadania, por meio do incentivo à reflexão e ao debate desses temas nos ambientes educacionais. O prazo para envio dos trabalhos se encerra no dia 30 de junho de 2015.

Na categoria “Desenho”, poderão participar alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Enquanto na categoria “Redação”, poderão participar alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, incluindo alunos matriculados na modalidade jovens e adultos (EJA). O concurso é voltado a estudantes de escolas públicas e privadas do país.

Os trabalhos poderão ser enviados até 30 de junho de 2015 por correio ou por formulário eletrônico que será disponibilizado pela CGU a partir do dia 30 de abril.

Maiores informações, clica na imagem abaixo

Fonte: CGU

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Inscrições abertas, até 17 de maio, para o XVI Prêmio Arte na Escola Cidadã

Com inscrições até 17 de maio, a 16ª edição do Prêmio Arte na Escola Cidadã, promovido pelo Instituto Arte na Escola em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), tem como objetivo revelar e reconhecer projetos criados e desenvolvidos por professores de Arte da Educação Básica de todo o país, nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano), Ensino Médio (1º, 2º e 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os cinco professores premiados, um em cada categoria, receberão R$ 10 mil, publicações, certificado de participação e troféu, e terão seus percursos pedagógicos registrados em vídeo-documentários amplamente divulgados, inclusive na TV. A premiação ocorrerá em São Paulo, seguida de uma vivência cultural. As escolas onde se desenvolveram os projetos receberão, entre outros prêmios, um computador e uma câmera digital.

O Prêmio Arte na Escola Cidadã é voltado para escolas de ensino regular, públicas ou particulares, em pelo menos uma das quatro linguagens artísticas: artes visuais, dança, música e teatro. Os projetos são avaliados em três fases por comissões formadas por especialistas em arte e cidadania. Em 2014, foram inscritos 800 projetos vindos de todos os estados brasileiros, sendo os vencedores do Rio de janeiro, Espírito Santo e São Paulo (clique aqui para conhecer os projetos e professores).

“A arte amplia o repertório cultural do indivíduo e a sua leitura do mundo, pelo diálogo com produções de lugares e tempos distintos, desenvolvendo competências imprescindíveis como a reconhecimento de sua identidade e uma compreensão histórico-social da realidade. Além disso, há pesquisas que indicam que a arte contribui para a diminuição da evasão escolar ao propor novas formas do indivíduo se relacionar com o meio, estimula múltiplas habilidades como o raciocínio lógico e divergente, a intuição e a reflexão sobre questões sociais e pessoais”, observa Clarissa Suzuki, coordenadora de Projetos do Instituto Arte na Escola.

Apesar da importância da disciplina, o cenário preocupa: no Brasil, apenas 6% dos 535.964 professores que lecionam a matéria são formados em Arte, segundo o Censo 2013 do Ministério da Educação.
"Clique aqui para fazer a inscrição"

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Inscrições Abertas para "A Prática em Curso 1ª Edição"

Com inscrições abertas até o dia 23 de abril (quinta-feira), a primeira edição do curso online “A Prática em curso: a participação nos Planos de Educação” irá abordar os principais desafios para desenvolver processos participativos nas etapas do diagnóstico à sistematização de propostas para os planos educacionais.
Voltado para gestores educacionais, conselheiros da educação, ativistas, famílias, estudantes e profissionais da educação, a formação será fundamentada na metodologia "De Olho nos Planos", que visa estimular a construção e a revisão participativas dos Planos de Educação no país, abordando, nesta primeira edição, temas como o uso dos Indicadores da Qualidade na Educação e a participação de crianças e adolescentes, entre outros.
Para isso, o ambiente virtual da "Rede De Olho nos Planos" funcionará como uma “comunidade de prática”, espaço onde os participantes irão discutir os conceitos que envolvem a temática, trazer elementos do cotidiano em que atuam e realizar atividades em seus territórios a partir da proposta, as quais serão socializadas e discutidas em grupo.
“A educação à distância é uma ferramenta que coloca em contato pessoas que vivenciam diferentes contextos e processos, e que ocupam lugares distintos na sociedade, o que possibilita grandes trocas de experiências nesse momento tão desafiante para a construção dos Planos de Educação”, afirmou a coordenadora pedagógica do curso, Jaqueline Lima. De acordo com Jaqueline, “o curso têm como objetivo fortalecer processos participativos tanto a partir da metodologia elaborada pela iniciativa ‘De Olho nos Planos’ como a partir da troca de experiências dos participantes em rede”.
Os participantes que realizarem mais de 70% das atividades do curso (que possui ao todo 48 horas) receberão certificado da iniciativa. A formação é gratuita e está prevista para ocorrer até o dia 15 de junho.

Inscrições
Para fazer a inscrição, os interessados devem clicar aqui e preencher as informações, além de explicitar qual a motivação para participarem da formação. Para mais informações, basta entrar em contato com a coordenadora pedagógica do curso Jaqueline Lima (jaqueline.santos@acaoeducativa.org), com a mediadora da "Rede De Olho nos Planos", Edilza Sotero (rede@deolhonosplanos) ou pelo telefone (11) 3151-2333 – Ramais 130 e 170.

Formação à distância: “A Prática em curso: a participação nos Planos de Educação” – 1ª edição
Carga Horária: 48 horas
Inscrições: até 23 de abril
Período: 27 de abril a 15 de junho
Informações: jaqueline.santos@acaoeducativa.org / rede@deolhonosplanos / (11) 3151-2333 – Ramais 130 e 170.

Fonte:Undime

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Datas Comemorativas de Abril

Nesse final de abril, temos no nosso calendário, datas comemorativas pedagogicamente importantes
Como sugestão de vídeos, para os Primeiros Anos do Ensino Fundamental.
Assim, disponibilizo links de vídeos disponíveis no YouTube e podem ser baixados.

"18 de Abril: Dia de Monteiro Lobato; Dia Nacional do Livro Infantil"

"19 de Abril: Dia do Índio"

"21 de Abril: Tiradentes"

"22 de Abril: Descobrimento do Brasil (1500)"

Imagens:
 Cledir Rocha Pereira

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Missão Pedagógica no Parlamento 2015

Sob a coordenação da Diretoria de Recursos Humanos, o Cefor - Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados planeja e executa as atividades relacionadas à educação legislativa, bem como ao recrutamento, seleção e desenvolvimento de pessoas na Câmara dos Deputados.

Clica na imagem e saiba mais!



Fonte:


Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de João Pessoa

Este é Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de João Pessoa/PB (LEI N.° 2.380, DE 26 DE MARÇO DE 1979).
 

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Nota de Esclarecimento - SINTEM (João Pessoa/PB)

sintemjp
Em virtude de nota veiculada na impressa por parte da PMJP o SINTEM vem a público esclarecer:

1. A PMJP em nenhum momento se pautou no diálogo propositivo com o comando de greve, não avançando nos pontos de nossa pauta de reivindicações. A negociação não se estabelece quando uma das partes se comporta como um mero espectador.

2. Os 3% oferecidos pela PMJP faz com que tenhamos um achatamento salarial nunca visto antes em governos anteriores. O nosso parâmetro sempre foi pautado em índices acima do índice mínimo indicado pelo MEC, no caso 13.01%, por isso cobramos 16% ( 13,01 + 2,99% de ganho real acima do índice mínimo). O índice estabelecido pelo governo implica em um aumento de R$ 42.11para o professor de nível médio e de R$54.75 para o professor graduado, portanto estamos a partir de agora em declínio salarial em comparação com as outras capitais do Nordeste.

3. O Piso Nacional Salarial estabelece o mês de janeiro como referência para reajuste salarial independentemente de acréscimo ou decréscimo do Fundeb. Portanto, agosto não é nossa referência como data para reajuste.

4. Estamos recorrendo da decisão judicial quanto à ilegalidade da greve. Decidimos em assembleia permanecer em greve, pois nossas reivindicações são justas e a ilegalidade não está na greve, e sim na falta de estruturas nas escolas; na formação continuada, que não atende as necessidades de formação dos Trabalhadores em Educação; na ausência de discussão democrática e participativa do Plano Municipal de Educação e na falta de uma negociação propositiva.

Sendo assim, o Sintem  coloca à disposição da categoria a sua Assessoria Jurídica para tomar as providências cabíveis a fim de  evitar qualquer tipo de injustiça ou perseguição aos membros de nossa categoria.

João Pessoa, 02 de abril de 2015.
SINTEM – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa.