quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Cursos da Escola Virtual de Cidadania da Câmara dos Deputados

Com o objetivo de disponibilizar conteúdos pedagógicos sobre CIDADANIA POLÍTICA e EDUCAÇÃO PARA DEMOCRACIA que dialoguem com os diversos públicos da sociedade foi criada a EVC (Escola Virtual de Cidadania).

A Câmara dos Deputados, dessa forma, traz sua contribuição para a construção e amadurecimento da Cidadania Ativa – no exercício da crítica consciente e da reflexão embasada em materiais didático-pedagógicos desenvolvidos para esse fim.

A EVC é uma escola que propõe suprir a sociedade de informações que auxiliarão a formação cidadã, reunindo objetos de aprendizagem em um único local – organizado e dinâmico.
Nesse ambiente virtual é possível ter acesso a cursos, vídeos, jogos, fluxogramas, cartilhas eletrônicas, textos informativos e, ainda, se informar sobre os programas presenciais voltados à sociedade como Parlamento Jovem Brasileiro, Missão Pedagógica no Parlamento, Estágio Visita de curta duração, entre outros. Pode-se, também, ter acesso aos editais e processos seletivos desses programas.

A EVC se apresenta como um espaço de referência quando o tema é: EDUCAÇÃO PARA DEMOCRACIA.

Para acessar a Escola Virtual de Cidadania digite: www.camara.leg.br/evc. Construa a sua trilha de aprendizagem de acordo com seu perfil. Explore as opções disponíveis para ti.

Cidadania se conquista passo a passo, e a Câmara oferece o ponto de partida.




Fonte:

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Atividade de Simulado do Terceiro Bimestre - 3º Ano

Trabalho realizado com os alunos do 3º Ano, mediado pelas Professoras Jeanne Rodrigues e Thatyanne Krause, onde realizaram questões envolvendo os componentes curriculares trabalhados do Terceiro Bimestre, de Matemática, Português, Ciências, Geografia e História.



Dia da Consciência Negra - 3º Ano

Na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016, a turma do Terceiro Ano B e sua professora, Jeanne Rodrigues, tiveram enfoque em atividades dirigidas no Dia da Consciência Negra, comemorado sempre no dia 20 de novembro de todos os anos.

A turma participou de debates orais referente ao tema, refletindo e se posicionando. A professora também utilizou o filme Zarafa, onde retratou situações de desigualdades entre os povos, onde mais uma vez a turma foi desafiada a refletir sobre o assistido.


Fotos: Jeanne Rodrigues (25nov.2016)

Palestra sobre o mosquito Aedes Aegypti - 2º Ano

Na manhã de hoje, 29 de novembro de 2016, os alunos dos Segundos Anos A e B, a Professora Jaqueline Rocha e Josilene Trigueiros, respectivamente, tiveram uma pequena palestra, mediada pela Capitania dos Portos, envolvendo os cuidados necessários que devemos ter para não proliferar o mosquito Aedes Aegypti, responsável pela Dengue, Febre Chikungunya e a Zika Vírus.

Os alunos, sabendo muito sobre essa temática, participaram com muita veemência e interagiram com grande qualidade com os palestrantes. 


Fotos: Cledir Rocha (29nov.2016)

domingo, 27 de novembro de 2016

Calendário Escolar 2017 da Rede Municipal de João Pessoa

Este será o Calendário Escolar 2017, não discutido e poucas possibilidades de que as Instituições Escolares da Rede Municipal de João Pessoa ressalte, durante o ano letivo, sua autonomia, conforme legislação vigente:

"Art. 15. Os sistemas de ensino assegurarão às unidades escolares públicas de educação básica que os integram progressivos graus de autonomia pedagógica e administrativa e de gestão financeira, observadas as normas gerais de direito financeiro público. (LDBEN, Lei n. 9394/96).

Devem indicar sim o início e o final do ano letivo à Rede, certamente, mas o caminho para que as Escolas respeitem o mínimo de dias letivos e de horas aulas, conforme Art. 24. inciso I, da LDBEN, Lei 9394/96.

Mas João Pessoa, ainda vive a "democracia" do tempo dos Coronéis. Infelizmente. Vive ainda a situação de "Eu (Poder Público) mando e vocês obedecem".

Percebe-se isso só pela data que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Educação, 20 de setembro de 2016 e, apenas agora tivemos contato visual com o Calendário que seremos obrigados a cumprir, sem discutir as particularidades de cada Comunidade Escolar.


Imagem: Cledir Rocha (27nov.2016)

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Convites de Formatura 2016 da Escola Índio Piragibe

  • 1º Ano A
  • 1º Ano B
  • 5º Ano A
  • 5º Ano B

 Fotos/Montagem: Cledir Rocha Pereira (24nov.2016)

Aprendendo com as Parlendas - 1º Ano

Nesses últimos dias de novembro, os alunos do Primeiro Ano B e sua Professora, Jannabsa Rodrigues, realizaram atividades com a apresentação da parlenda “Corre  Cutia” onde recitou à turma e questionou sobre o conhecimento prévio dos mesmo envolvendo "o que é uma parlenda" e se conhecem outra.

Inicialmente, a Professora apresentou para a turma, um vídeo com algumas parlendas, para que os alunos, compreendam ainda melhor e percebam com maior intensidade o que são parlendas.


No segundo momento, a professora apresentou a estrutura da parlenda com a exposição em cartaz, onde em seguida os alunos construíram a parlenda em grupos, onde cada pequeno grupo recebeu, as palavras da parlenda para a construção de acordo com a compreensão dos alunos, com a apresentação oral de cada grupo.

A terceira etapa, a professora distribuiu para a turma o alfabeto móvel onde solicitou aos alunos a montagem da parlenda, seguindo a atividade fotocopiada contendo a parlenda para a leitura individual e o destaque pelos alunos (circulando), das palavras que comecem com a letra “C”, com a reescrita das mesmas no caderno de aula. Ocorreu ainda a pintura entre os espaços entre as palavras.

O momento deu continuidade, com a identificação no texto das palavras que rimam com: tia, avó e chão. Neste momento, a professora desafiou os alunos a completar a parlenda substituindo as rimas por outras palavras de seu conhecimento e domínio.

Finalizando essa sequência didática, esse eixo de leitura e de grafia, os alunos trabalharam com "cruzadinha", onde foram usadas algumas palavras da parlenda como: casa, cutia, coração, mão, etc. 

A última etapa ocorreu no pátio da escola, onde brincaram com a parlenda em roda da seguinte forma:
a) todos os participantes, com exceção de um, ficaram sentados em círculo. O que ficou fora será o "pegador". Com o lenço na mão ele andou lentamente em volta do círculo enquanto todos cantam a parlenda “Corre Cutia”;
b) no meio da cantoria o "pegador" deixa cair, disfarçadamente, o lenço atrás de um dos jogadores. Quando o participante escolhido percebe que o lenço está atrás dele, começa a perseguição ao "pegador", que deve correr para ocupar o lugar vago. Se for apanhado antes de chegar ao lugar vazio, o "pegador" continua nessa função, mas se conseguir dar a volta e ocupar o lugar vago, é o jogador escolhido quem vira o "pegador".

Foram grandes momentos de uma atividade rica e lúdica com os alunos do Primeiro Ano B e, certamente, de grande aprendizado.

 
 
 
 

Fotos: Jannabsa Rodrigues (24nov.2016)

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Trabalhando com Parlendas - 3º Ano

Nos dias 17 e 18 de novembro de 2016, a Professora Jeanne Rodrigues, com seus alunos do Terceiro Ano B, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Índio Piragibe, realizaram a sequência de atividades envolvendo a textos de tradição oral, as parlendas 

Entendendo que o texto de tradição oral  (Parlenda) deve ser integrado no dia a dia de sala de aula e que favorece a reflexão sobre a língua e sistema de escrita alfabética por serem curtos, facilmente memorizados, rítmicos e lúdicos, a turma realizou com muita empolgação e dedicação as atividades propostas pela Professora. 

Foram apresentados aos alunos, os seguintes vídeos, como parte da sequencia de atividades envolvendo a Parlendas:

Na atividade foi trabalhado variados gêneros textuais, através de vídeos, cartazes e cartas. Dentro desse contexto, buscou-se a interdisciplinariedade de conteúdos com outras áreas do conhecimento.


 
 
 
 
 
 
 
 

Fotos: Jeanne Rodrigues (17/18nov.2016)