quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Arte Literária Paraibana: produção textual individual e coletiva- 3º Ano

Durante uma semana 24 a 31 de julho de 2017,  a Professora Thatyanne Krause e seus alunos do Terceiro Ano B, elaboraram coletivamente uma sequência didática de produção textual individual e coletiva com ênfase na arte literária paraibana.

Com momentos sequenciais de 1 hora diária, nosso intuito foi valorizar a cultura nordestina com base no autor Jessier Quirino, associado a conteúdos pré estabelecidos no plano de curso o que tornou prazeroso em que todos os alunos de forma empolgada, onde contribuiu com a elaboração das atividades propostas, tornando o aprendizado significativo.

O primeiro momento da sequência didática partiu do pressuposto de sondar o que os alunos conheciam sobre as palavras do vocabulário nordestino. O texto "Fé menina", de Jessier Quirino, foi apresentado para introduzir o debate.

Aos poucos ela se estréia
Se espelha
Se emparelha*
Se brecha
Se avexa*
Se acalma
Se isola
Se chuvisca
Se saboneta
Se tapeia
Se orvalha
Se toalha
Se enxuta


Se hidrata
Se escova
Se desodora*
Se fareja
Se retoca
Se bonita
Se viceja*
Se lampeja*
Se menina
Se heroína
Se mulher 
Se afeiçoa

Se apura
Se afina
Se mima
Se clima
Se bem-me-quer
Se chega
Se aprochega*
Se encabula*
Se melindra
Se recata
Se afasta
Se dificulta

*palavras trabalhadas


Após leitura do poema escolhido, iniciou  o debate sobre as palavras nordestinas e o vocabulário próprio da região nordestina. Após apresentação do significado de algumas palavras do texto "Fé Menina", foi solicitado aos alunos um trabalho de pesquisa sobre o dicionário de termos nordestinos explorado por Jessier Quirino.

Após esse primeiro momento, ocorreram os seguinte:

- Segundo momento: ocorreu a apresentação oral dos trabalhos escritos de pesquisa sobre dicionários termos nordestinos.
- Terceiro momento: produção individual de mini-dicionários dos vocábulos nordestinos (cada aluno 10 palavras ou termos variados)
- Quarto momento: utilização dos vocábulos pesquisados e produção do gênero textual Fábula.

Fábula é o gênero textual em que os personagens são animais que assumem características humanas: fala, costumes, sentimentos, emoções. A fábula pode ser construída em prosa ou versos e estas histórias são geralmente feitas para crianças e terminam com um ensinamento instrutivo para as crianças.

Segundo a sequencia didática, foi construído junto com os alunos uma fábula com uma moral da história pré estabelecida, utilizando a linguagem nordestina  "Jamais confie em um abilolado". O intuito foi  associar os conteúdos estudados na arte literária paraibana das obras de Jessier Quirino.

- Quinto momento: construção coletiva de painel expositivo pelos alunos. Banner com os trabalhos de pesquisa dos termos nordestinos,  caricatura de Jessier  Quirino, mini-dicionários e as produções das gênero textual fábulas.

  
 Fotos: Thatyanna Krause (24/31jul2017)

Nenhum comentário: